São Paulo Fashion Week #TransN42

Transformação, transgressão, transição. Em sua 42ª edição, o São Paulo Fashion Week chama a atenção mais uma vez para o cenário de mudanças próprio de um início de século. São novos desafios, novas maneiras de fazer as coisas, outras oportunidades. O prefixo trans traduz a ideia de ir além. Serve para nos provocar. Sozinho ou em associação com outras palavras, ele é a marca dessa edição, que aconteceu de 23 a 28 de outubro, no Parque do Ibirapuera.

A moda, mais que qualquer outro setor, inspira novas possibilidades e potenciais. Diante da velocidade da informação e das novas demandas que esta gera, o mercado se movimenta para sincronizar seus lançamentos com o desejo do consumidor final. Entre a transição e a transformação, o SPFW é a primeira semana de moda no mundo a adotar o conceito see now buy now, que começa a revolucionar o varejo mundial e já vem sendo incorporado de forma ainda isolada por algumas grandes marcas internacionais.

COTTON PROJECT [Verão 2017 RTW]

Fotos: Marcelo Soubhia /Ag. Fotosite via FFW

A Cotton Project apresentou um projeto experimental que vai de encontro com as raízes com a marca: sua conexão com a música e a cultura jovem. Desta vez, eles criaram suas primeiras linhas de merchandising de banda, aquelas as quais estamos acostumados a ver em porta de shows. A Cotton é uma marca que nasceu na internet, influenciando e sendo influenciada por sua rede de amigos. A ideia de se juntar a personagens da cena musical em coleções cápsulas é uma ótima forma de expandir sua presença, mas o segredo está em saber fazer.

As parcerias aconteceram com a banda Aymoréco, do ator Chay Suede e Diogo Strausz, e com o duo de DJs Milos Kaiser e Augusto Trepanado, da Selvagem. As duplas chegaram com suas inspirações: Chay queria explorar o humor escrachado da banda reinterpretando peças do figurino usadas nos shows, com estampas de batom e marca de beijo. Já os meninos da Selvagem olharam para a época maravilhosa que foi a popularização da música eletrônica na década de 80 em Nova York, onde clubes como Paradise Garage e DJs como Larry Levan, levavam as pessoas ao êxtase nas pistas.

A marca é masculina, mas tem um vies unissex, já que muitas meninas vão atrás das roupas da marca. Para mais detalhes sobre a coleção, clique aqui.

COCA COLA JEANS [Verão 2017 RTW]

Fotos: Zé Takahashi /Ag. Fotosite via FFW

Pegue todas as peças que são símbolos de tendência e junte numa mesma coleção. A saber, primeiro as modelagens: camisas oversized, pantacourt, jaquetas bomber, casacões longos. E pensando nas cores queridinhas do mundo fashion-minimalista: branco, denim, preto e prata. Agora pense em apostas de styling que têm super funcionado nos últimos anos na Europa e já vieram para cá há algum tempo, como sobreposições e look total preto com tênis branco puro. Estava tudo lá, embalado por música pop e personalidades idem. A pesquisa de moda foi estrategicamente feita para agradar o mundo que quer ser o mundo da moda. Aspirando ao streetstyle internacional.

Para mais detalhes sobre a coleção, clique aqui.

 

 

 

Iury Parise

Um garoto do interior morando em São Paulo. Apenas mais uma pessoa tentando se destacar no mundo! :) Me acompanha?

Comenta aí, vai :P